Esposende

É uma relação familiar que começou em Braga. Esposende é a cidade onde vive o Avú-João e a Avó-Enfermeira («santa sogra»). A afinidade com esta terra começou em 2005, estava eu a fazer o internato geral (o primeiro ano de formação após o curso de Medicina) no antigo Hospital de São Marcos, quando comecei a namorar com a Mãe. Para além do conforto próprio da casa das avós, Esposende fica a um 'tirinho' de Braga, pelo que é o local ideal para para estacionar o vai-e-vem casa-urgência, quando é fim-de-semana disso.

Esposende é um excelente roteiro de fim-de-semana. Tem um longo passeio junto à foz do Cávado, muito arranjadinho e com espaço para corredores e bicicletas. Tem boas esplanadas, uma marina e algumas escolas de desportos aquáticos. Quando está demasiado vento, temos sempre a piscina de ondas. Obviamente que, nos dias de maior calor, está sobrelotada. Mas para esses dias há a praia. A de Ofir, que tem um areal enorme e um boas ondas para o surf. Infelizmente, as praias de Esposende (quer a Praia Suave Mar, quer a das Marinhas) têm ficado sem areia, por alterações nas correntes (culpa de pontões construídos a Norte, dizem-me), sendo agora pouco mais que um aglomerado de pedras e rochedos. Globalmente, Esposende tem o que muitas outras cidades à beira-mar oferecem, mas com metade da confusão. Fica o convite.

Para nós, Esposende tem amigos. Amigos que a Mãe trouxe da infância e que agora trazem os seus próprios filhos. Juntamo-nos em casa uns dos outros ou nos parques infantis. Há um que é um grande barco pirata junto ao centro (em frente à piscina de ondas) e um outro quase a chegar à Praia Suave Mar, que é mais abrigado do vento. Foi lá que que estivemos ontem de manhã.

[fonte: instagram.com/joaompinto]

Quando o tempo não está para passeios, vamos à Casa dos Pastéis de Lili, onde se comem as melhores pastéis de chila, segundo os donos, os mais fiéis à receita original das famosas clarinhas. Tudo naquela pastelaria, que também é loja gourmet, é óptimo. Eu, que sou um 'bocadinho muito guloso', vos garanto que Esposende não fica por aqui no que à gastronomia diz respeito. Só em relação à doçaria, escrevam mais estas duas sugestões. A Pastelaria Nélia tem tudo o que é doces de ovos e derivados. Até prova em contrário, fazem a melhor glória do mundo. Para bombons caseiros, vamos à Marbela (ver reportagem no Fugas). Cada uma destas 3 visitas, dá mais do que motivos para uma longa corrida à beira-mar.

Etiquetas: , , ,